BLOG TIMEPIX INTERACTIVE

Vídeo marketing: a tendência que impulsiona marcas

por Timepix

Marketing digital

dezembro 2018 post image

Vídeo marketing. Esse é um termo que talvez você tenha ouvido algumas vezes, e não é à toa: boa parte das estratégias de marketing são criadas com base em conteúdos audiovisuais.

Isso está mais para uma forma constante de consumir conteúdo do que uma tendência. E como sabemos disso? A resposta pode ser resumida na seguinte frase: tendências têm prazos de validade muito curtos. Esse definitivamente não é o caso do consumo de vídeos.

A vantagem disso é que se a sua equipe explorar bem os recursos audiovisuais, pode melhorar os resultados da empresa de uma maneira realmente consistente. Explicaremos mais sobre o assunto no texto. Vamos lá?

O que é vídeo marketing?

Pense em como as coisas eram há alguns anos. Que tal… 2010? O YouTube já era uma plataforma popular, mas “youtuber” ainda não era considerado uma profissão. O embrião do vídeo marketing começava a entrar em gestação, mas ainda era um mercado um tanto nebuloso e desconhecido.

Hoje em dia as coisas são muito diferentes. O baixo custo e a quantidade de opções existentes fazem dos vídeos digitais uma alternativa à televisão, chegando a rivalizar com as emissoras tradicionais em certos países.

O vídeo marketing, como o nome sugere, é uma forma de melhorar a percepção que as pessoas têm da sua marca, construindo valor por meio de informações audiovisuais. Simples assim. As pessoas têm uma inclinação natural pelo consumo passivo. E o que isso significa?

Na prática, isso significa que é mais fácil construir uma audiência quando acompanhar os conteúdos não é um desafio. A grande vantagem do vídeo é o fato da informação chegar ao consumidor com o mínimo de esforço feito para consegui-la.

Por que apostar no vídeo marketing?

Como em toda decisão empresarial, sabemos da importância de analisar os pontos positivos de uma estratégia. Se apenas a mudança na forma de consumo não é um motivo suficiente para você, vamos apresentar alguns outros ao longo do texto.

Mas é bom fazer uma observação: investir em conteúdos audiovisuais não é abdicar de outras formas de conteúdo. Cada pessoa tem suas preferências, ou seja, o texto e as imagens ainda são muito importantes no mercado.

Nos próximos parágrafos, elencamos alguns motivos para apostar no vídeo marketing. Tenha em mente que são apenas um recorte da estratégia: para entender quais são todas as possibilidades de maneira completa, é preciso implementá-la.

Apelo subconsciente

Imagine a seguinte situação: você está em um cinema, assistindo um filme, e surgem algumas cenas de suspense. É fácil identificar esse tipo de cena, você provavelmente já viu em filmes anteriores. A trilha sonora se altera, as falas dos personagens ficam mais silenciosas e seus movimentos mais lentos, criando a expectativa de um susto.

Nesse momento, alguns elementos da tela são capazes de despertar inúmeras sensações diferentes, dificilmente alcançadas em outras formas de mídia. Esta é a principal vantagem do vídeo: o apelo subconsciente.

Potencial de viralização

Uma parte considerável do conteúdo que viraliza nas redes sociais é audiovisual. Duvida? Então, faça o seguinte teste: abra o seu feed no Facebook e conte quantos vídeos você vai ver lá. É provável que veja uma quantidade significativa. Isso é um ótimo indicador, considerando que as redes sociais costumam ser dominadas por pessoas razoavelmente apressadas.

Hipermodernidade

A hipermodernidade é um termo que pegamos emprestado da sociologia para explicar uma observação comum: boa parte do que consumimos hoje é uma versão mais intensa do que consumíamos nos séculos passados. Pareceu confuso? Calma, vamos explicar melhor.

De maneira geral, esse termo introduzido pelo filósofo francês Gilles Lipovetsky é usado para se referir à "cultura do excesso", ou seja ao fenômeno segundo o qual os valores criados na modernidade são hoje elevados de forma exponencial.

É nesse contexto de consumo exacerbado que palavras como “marketing” e “vendas” são muito mais exploradas hoje em dia. E há uma razão muito interessante por trás disso: nunca consumimos tanto. E um dos protagonistas desse pico de consumo no mundo digital é o vídeo. Nada como aproveitar esse cenário a favor da sua empresa, não é mesmo?

Quais são os resultados mais comuns do uso dessa estratégia?

“Ok, entendi os motivos para investir em vídeos, mas quais são os resultados práticos para minha empresa?”. Essa é uma pergunta muito importante que vamos responder ao longo do texto. Mas antes, é importante que você não se prenda apenas ao que vamos listar aqui.

Isso por que esses são os resultados mais comuns. É possível que a sua empresa exceda as expectativas e consiga provocar um impacto muito maior do que o considerado nesta lista.

1. Tráfego orgânico e engajado

Como quase qualquer campanha de conteúdo, o vídeo marketing se concentra na construção de uma audiência fiel e engajada. A ideia é ir conquistando o público de maneira crescente, orgânica e que possa ser mantida a longo prazo.

Embora essa estratégia também possa ser impulsionada, o mais comum é que o público seja alcançado por prospecção passiva. Ou seja, os clientes vão atrás da sua empresa, e não o contrário.

2. Utilidade marginal e chance de ROI elevado

A chance de conseguir um ROI positivo por meio do vídeo marketing é bem alta. E qual é a razão disso? Pense por este lado: salvo algumas exceções, mercados pouco saturados têm uma chance de sucesso maior. E o vídeo marketing ainda está engatinhando no Brasil.

Existe uma lei em economia chamada “lei da utilidade marginal”. De maneira resumida, essa lei diz que quando você tem pouca quantidade de um bem específico, o valor dele tende a subir. Se você investir em vídeo marketing de qualidade, vai estar entre as poucas empresas do seu segmento a fazer isso!

Como você viu no texto, o vídeo marketing é uma forma de compor um público comunicando sobre sua marca de maneira rica e criativa. Além disso, existem inúmeros usos para os vídeos, como exibição dos produtos, demonstrações de serviços e por aí vai. Lembre-se de que os resultados desse tipo de estratégia não acontecem do dia para a noite. É necessário um certo tempo de produção, identificação e aperfeiçoamento dimensionado a longo prazo.

E aí? Nosso texto foi útil para você? Então, compartilhe nas redes sociais para os seus amigos também saibam mais sobre o assunto!

Receba novidades

Message enviada com sucesso!

Tpix entre em contato